quinta-feira, 10 de setembro de 2009


Uma pessoa sem muitos recursos pode mover montanhas quando algo a inspira a chegar a algum lugar. Por outro lado, um um milionário sem propósito não gastará um centavo em nada.

Deparo-me com belas palavras e intenções todos os dias, mas apenas consigo me animar diante de suas raras contrapartes, ações e comportamentos. Escuto palavras sábias de pessoas inesperadas, mas elas apenas fazem sentido quando as vejo aplicando a própria sabedoria à vida cotidiana. Todos parecem saber o melhor caminho quando tudo vai bem, mas impressionantes são aqueles poucos que são capazes de agir corretamente acima dos maus sentimentos quando tudo vai mal.

Ser humano não é simples. É belo. Por mais que às vezes seja necessário um olhar afiado para ver esta beleza, bem ali, no meio de uma alma assustada, escondida no meio de erros, julgamentos, expectativas e confusões.

Uma alma pode acabar com muito pouco espaço quando não livramos nossos seres de más energias. Quando a bagunça interior é muito grande, um real esforço de nossa alma para ganhar espaço pode fortalecê-la para toda a vida. Após a tempestade ter-se esvaído, pode parecer que não foi nada, pois a alma está mais forte e não sabe o que poderia ter sido caso não tivesse se esforçado rumo à luz.


2 comentários:

  1. Tudo na verdade parece natural, quando o natural escoa simples e verdadeiro.
    Parabéns pelo texto.
    José Maria Souza Costa

    ResponderExcluir
  2. Hmm.. O natural escoando simples e verdadeiro pode se chocar diante do que é claramente não natural. Tudo pareceria ainda?

    ResponderExcluir