sexta-feira, 18 de abril de 2014

Corrupção


Não é corrupto só quem toma a decisão de ferir a justiça. É corrupto quem participa do processo, ciente de que a ação é ilícita ou prejudicial, e eu arrisco dizer que é corrupto quem poderia saber a que fim sua ação se destina, mas evita o conhecimento, para não ter a consciência da contribuição com o mau. 

É corrupto quem diz “não posso fazer nada” quando na verdade não quer nem tentar. É corrupto quem diz “a decisão não foi minha”, quando o ato ilícito não seria possível sem os executores da ação. É corrupto quem diz “se não fosse eu, seria outra pessoa”, pois é um colaborador do sistema corrupto. 

Cada um pode buscar no inferno as racionalizações e justificativas particulares sobre a própria corrupção. Isso não faz de ninguém honesto, apenas mais um corrupto que acha que tem motivos para sê-lo. 

Um comentário:

  1. Olá.
    Passeando por aqui, para desejar-te um período Pascal com: alegria, Saúde, Paz, e muita Reflexão.
    A Família, continua e continuará, sendo a Sustentação deste Grande Arco Humano, que chamamos de Relacionamentos.
    Fazia muito tempo, Luciana, qua não passava aqui no seu blogue. Olha, eu lancei o meu livro ' Sermão Vermelho ', deixe no meu e-mail, o seu endereço para onde posso enviar-te gratuitamente um exemplar. Abraços. ( josemariasouzacosta@gmail.com )

    ResponderExcluir