domingo, 2 de agosto de 2015

Minha dose de otimismo na política

Existem os que acham que piadas ofensivas sobre outra posição política são sinal de sabedoria. Apesar deles, existem os que estudam e tentam entender o sistema.

Existem os que têm medo de ser vistos como burros e reproduzem a opinião dos outros. Apesar deles, existem os que pensam e formam a própria opinião, mesmo que seja diferente de quem está ao seu redor.

Existem os que se inflamam junto com os discursos tendenciosos da televisão. Apesar deles, existem os que leem livros para entender tendências.

Existem os que se chocam e disseminam loucamente informações falsas que amigos ou mesmo revistas fornecem de forma irresponsável. Apesar deles, existem os que conferem a veracidade da informação em fontes oficiais.

Existem os que bradam palavras de indignação nas redes sociais e usam a corrupção alheia para justificar as próprias corrupções. Apesar deles, existem os que cobram o poder público e buscam viver o que defendem.

Existem os que têm ódio de um partido, faça chuva ou faça sol. Se esse partido acabar com a fome, ainda terão ódio. Se esse partido acabar com as guerras, falarão que não foi ele. Se esse partido melhorar substancialmente a vida de todos os cidadãos sob seu governo, dirão que nunca foi pior.  pesar deles, existem os que reconhecem quando o partido de que não gostam faz algo de bom.

Existem os que defendem um partido em qualquer situação. Se rouba, faz. Se está com dificuldades, é culpa da oposição. Se perdeu, a eleição foi fraudada. Se a economia vai mal, é o mundo. Se não tem água, foi São Pedro. Apesar deles, existem os que admitem quando seus partidos erram.

Existem os que acham que, a partir do momento em que escolheram um lado na discussão, devem defendê-lo até o fim. Apesar deles, existem os que aceitam mudar de posição de acordo com fatos e argumentos novos que se apresentem.

Existem os que querem voltar às brigas de jardim de infância. Apesar deles, existem os que estão prontos para a discussão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário