terça-feira, 27 de setembro de 2016

Não entendo que orgulho têm as pessoas em reclamar às pessoas erradas, em denunciar ao público em geral, em dar ideias e não executá-las. 
Talvez seja uma loteria. Se alguém fizer, poder bradar que reclamou primeiro; se alguém tomar providências, sentir-se parte de quem “denunciou”; se alguém mudar o mundo, ter a ilusão de que contribuiu. E é claro que, se ninguém fizer nada disso, a culpa é sempre dos outros.
Compartilhe essa mensagem. Talvez você, assim como eu, queira achar que está mudando alguma coisa ao reclamar em qualquer lugar na internet. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário